Simplesmente natural: fotografando a beleza dos primeiros dias

Quando fotografo recém-nascidos e bebês novinhos, procuro ser fiel ao meu olhar e ao meu estilo. Acredito que um momento eterno como este não deve ser fotografado de acordo com modismos.

Conheço e acompanho todas as tendências da fotografia de recém-nascidos, e embora respeite os diferentes estilos que existem por aí, certas “poses” não combinam com meu estilo. Por exemplo, existe uma que está na moda: colocar o bebê em um pano (parece uma rede) que por sua vez está pendurado em um galho. Quando minha filha tinha 1 semana de vida, se tivesse chegado algum fotógrafo em casa e proposto essa pose, eu teria achado que era uma piada!
Reconheço que era a típica mãe de primeira viagem, protetora, mas quem de nós não é? Tudo que eu queria naquelas primeiras semanas é que minha pequena descobrisse a vida com tranquilidade e delicadeza, protegida de qualquer desconforto.
Gosto de fotografar o recém-nascido de forma natural, sem forçar posições ou criar cenas que são tão irreais que nunca seriam vistas não fosse a presença do fotógrafo. O que pauta meu trabalho, sempre, é o respeito a quem é fotografado. Neste caso, mais ainda. Procuro pensar como mãe, não apenas como fotógrafa, e minha prioridade é sempre o conforto e a segurança do bebê. E o que busco registrar são os pequenos detalhes que caracterizam essa fase que passa tão rápido: as expressões, os olhinhos, o sono pesado, a pele delicada e os sorrisos, tão fugazes. Alguns juram que não são sorrisos de verdade, eu tenho certeza que são! Lembro até hoje como me sentia quando via esses pequenos sorrisos de minha filha, quem tem filhos sabe bem a sensação, é uma explosão de alegria que vem da alma!

A sessão é sempre feita em casa, o ambiente do bebê. Nesses primeiros dias em que a família praticamente só sai de casa para as visitas de rotina ao pediatra, não faz sentido ser diferente. Também não levo acessórios como gorros ou grandes laços. Tudo que é usado na sessão pertence ao bebê . Esta sessão é uma amostra perfeita de como eu fotografo esses pequenos: as roupinhas escolhidas pela mãe são todas significativas: a saída da maternidade, o macação presenteado pela grande amiga, a roupinha preferida. Os cenários são aqueles que daqui a anos vão querer lembrar: o quarto da pequena, a varanda ensolarada da casa em que ela nasceu e a cama do casal. As poses são naturais, orgânicas. Nada é forçado. Eu busco registrar as poses típicas desta fase, que eles assumem naturalmente e que são tão efêmeras, em poucos meses não veremos mais: as pequenas mãos fechadas, o pescocinho que não se sustenta, as perninhas encolhidas e o olhar doce, límpido e inocente que só quem acabou de chegar ao mundo tem!

A seguir, as fotos de uma linda pequena, estreando na vida!

 

Comentários

29 Comments Simplesmente natural: fotografando a beleza dos primeiros dias

  1. Fernanda August 22, 2012 at 6:22 pm

    Lu, que lindo! Vc sempre mostrando muito amor nas suas imagens!

  2. Carine de Souza August 22, 2012 at 6:24 pm

    Amei o post Lu!
    Lindas imagens,verdadeiras palavras!
    Registrar esses momentos tão naturais desses pequenos, tão peculiar . Aí que está a grande emoção!
    Parabéns!

  3. Lívia August 22, 2012 at 6:28 pm

    Lu, eternizando a beleza dos primeiros dias! A mãe, o pai e a pequena devem estar orgulhosos pelas imagens que terão pra sempre como lembrança dessa idade tão doce! E quanta a sua parte, essa dispensa comentários! Incrível!

  4. Carolina August 22, 2012 at 6:32 pm

    Maravilhosa sessão de uma família incrível! Você capturou a alma deles, o amor pela pequena Luiza, a tranqüilidade e paz dessa bebê maravilhosa! Lindos, lindos, lindos!! Não canso de ver!

  5. Luciana Prado August 22, 2012 at 6:53 pm

    Obrigada, Lívia!

  6. Luciana Prado August 22, 2012 at 6:54 pm

    Obrigada, Carine!

  7. Luciana Prado August 22, 2012 at 6:55 pm

    Fico feliz de ter feito das fotos reflexo desta família tão linda! Obrigada, Carol!

  8. Luciana Prado August 22, 2012 at 6:56 pm

    Obrigada, Fernanda, é isso mesmo que quero mostrar!

  9. Carol Valério August 22, 2012 at 8:16 pm

    Lu, sabe o que o mais gosto nas suas fotos? A sua sensibilidade para registrar os momentos mais singelos e eternizá-los com tanta emoção! AMEI essa sessão, super especial! Me passou muita paz!! Fotos lindíssimas!
    E que bebê mais linda! Dá pra sentir pelas fotos que eles estão derramando felicidade! Quanto amor!!! Parabéns! 🙂

  10. Luciana Prado August 22, 2012 at 8:21 pm

    Verdade, Carol, o ambiente era exatamente esse: amor e paz! E ela é uma boneca, linda e super tranquila!

  11. cynthia Myarka August 22, 2012 at 8:25 pm

    Minha gente o que são esses olhos? você como sempre fotografando a alma das pessoas, Lu !! Fico aqui babando, é tudo tão suave, puro, fofinho. Que tenho a sensação de está sentindo o cheirinho docinho deles.

  12. Alessandra Moron August 22, 2012 at 8:29 pm

    Que bebezinha mais tranquila…. Acho que ela sabia que ia ser fotografada pela Luciana Prado! Sem RN dentro do balde, pelado, ou dependurado!!! Ela teve sorte do Papai e da Mamãe saberem escolher a fotógrafa certa! Parabéns Lu, por mais um trabalho digno de orgulho! Sou muito feliz por estar convivendo com vc!

  13. Edna Pires August 22, 2012 at 10:11 pm

    Que bebezinha linda !!! Como sempre, suas fotos estão maravilhosas, Luciana Prado ! Elas passam beleza e suavidade ! Me encanto c/ esse foco no olhos… é mágico ! Um dia, quem sabe, saberei fotografar assim !(rs) Parabéns por mais um trabalho lindo, Lu ! E parabéns p/ a mamãe da Luiza … sua bebê é um encanto !!!

  14. Renata Coelho August 23, 2012 at 3:44 pm

    Lú que sessão mais linda! Tudo perfeito e captado com perfeição pelas suas lentes! A bebê parece que foi esculpida à mão, cada detalhe do rostinho delicado dela, a felicidade da família ao receber a pequena, tudo em harmonia retratado com leveza por você. O tom das fotos, a naturalidade e que roupinhas mais fofas, tudo encantador! Parabéns para você Lú, por tanta sensibilidade e parabéns à família pela princesinha. Adorei 🙂

  15. Luciana Prado August 23, 2012 at 3:59 pm

    Obrigada, Renata!

  16. Glau August 24, 2012 at 8:16 am

    Lu, que bebê mais linda. Suas fotos tem tanta vida que parece até que sentimos o cheirinho dela.
    Uma recordação inesquecível e verdadeira que esta família terá!

  17. Paulo Tobias August 24, 2012 at 12:41 pm

    Fantástico seu trabalho, cores tão reais que parece que estou vendo a cena diante dos meus olhos.

  18. Fabiana Torres August 24, 2012 at 1:15 pm

    Sigo vc no facebook e acompanho cada novidade da mentoria, projeto lindo que um dia pretendo me inscrever. Por enquanto, meus filhotes são pequenos e não me sobra tempo para a dedicação que um projeto como esse merece, mas tenho muita vontade de aprender com vc. adorei este ensaio, delicado e de qualidade impecável, como sempre.

  19. Carol Avelar August 24, 2012 at 3:58 pm

    Linda menininha, espero poder ver essa bonequinha crescer nas suas fotos. Acompanho seu blog desde o início e gosto muito de ver as crianças crescendo diante das suas lentes. Amo fotografia desde pequena, não trabalho na área mas estou sempre com a câmera para registrar cada momento. O seu trabalho é especial, parabéns!

  20. Ana Paula August 24, 2012 at 4:40 pm

    Meu deus, que coisa mais linda e delicada! Mas mais do que isso, que verdade passam as suas fotos. Cansei de ver fotos de bebê montadas, artificiais, que não dizem nada. As suas, ao contrário, me fizeram sentir a alegria dessa família, o toque delicado da pele da bebê, a inocência de seu olhar! Parabéns pela sua sensibilidade ao retratar essa fase tão linda.

  21. Luciana Prado August 24, 2012 at 4:49 pm

    Adorei! A fotografia um jeito de guardar esse “cheirinho” pra sempre, né?

  22. Luciana Prado August 24, 2012 at 4:49 pm

    Obrigada, Ana Paula!

  23. Luciana Prado August 24, 2012 at 4:50 pm

    Oi Paulo, gosto das cores assim, reais, sem artifícios.

  24. Luciana Prado August 24, 2012 at 4:51 pm

    Obrigada, Fabiana!

  25. Luciana Prado August 24, 2012 at 5:01 pm

    Obrigada, Carol!

  26. Fernanda Batistella August 25, 2012 at 3:56 pm

    Lu, as fotos ficaram lindas, como sempre! rs
    Super delicadas e cheias de sentimento. Quando eu vi essas fotos, senti que eu estava fazendo aquela famosa visita a mãe e ao bebê que acabaram de chegar. Parabéns, e que Deus continue iluminando mais e mais esse dom.

    Beijos

  27. Flávio Forte September 10, 2012 at 9:46 am

    Falar o quê das fotos da Lu? SEMPRE MARAVILHOSAS!! Fico mais encantado todas as vezes que venho aqui, rss. Parabéns Lu! Seu talento é INCRÍVEL!

  28. Taianne Fontoura November 26, 2012 at 1:15 pm

    Quando li seu post dizendo:- Quem conhece bem meu trablaho sabe que não gosto de sessões produzidas…. Logo pensei: Puxa! encontrei a fotografa perfeita. Então quando Vi ” Fotografando a beleza dos 1º dias” a sessão é feita sempre em casa, o ambiente do bebê, pirei!!! me deu uma alegria, mas com um certo descontentamento (pois o tempo passou), tenho uma filha com com três anos, logo 4, e fiz um acompanhamento dela, só que somente apartir dos três meses.( por N motivos, aqueles de bebês) e ficava imaginando exatamente isto alguém fotografando a minha Alice em casa. E não consegui.
    Apaixonei-me pelas fotos ” ballet a beira-mar” e como você preso o espontâneo, e acho meio que patetico uma criança de dois anos ter que fazer pose ou ficar estatica na frente uma câmera e ainda tendo que olhar diretamente para ela ao som de um gud gud , aaaéeeee… (voz de bobalhona)hehehehh.mas passei por isto. Sempre a levei com sua própria roupa e seu brinquedos favoritos. Mas por que será que sempre tentam nos empurar fotos estilo fantasia do patati, ou chiquinha e chaves com seu barril???rsrssr e no momento em que digo – gostaria do fundo branco!a fotografa fecha a cara e faz oito fotos, vira pra mim e diz deu! DEU????? minha nossa, eu tenho muitas mais idéias.
    Isto foi apenas um pequeno relato para salientar ainda mais o quanto és perfeito o seu trabalho! sua maneira de faze-lo. Não sou tecnica, não conheço nada do lado profissional.Somente a vontade de algum dia ser uma grande profissional, e não do tipo $$$$ que visa somente ( é necessário), mas do tipo: MINHA NOSSA!(uso bastante quando me falta o folego)aquela fotografia que dispensa palavras e se tem emoção nos olhos, assim como senti quando vi, coneci seu trablaho.
    ATT. Taianne Fontoura –

  29. Luciana Prado January 8, 2013 at 7:59 pm

    Obrigada, Taianne! Adorei ler seu relato e saber que você se identifica com meu estilo! A Alice ainda é pequena, você tem muitas oportunidades de retratá-la pela frente! Não lamente as fotos que não fez, pense nas que ainda pode fazer! Boa sorte para você! beijos

Comments are closed.